segunda-feira, 28 de abril de 2014

Antigamente


Saudades da minha infância...

         (imagem tirada da internet)

"Antigamente eu tinha um nome tão bonito
Antigamente ela era minha mãe
Antigamente eu era a filha mais querida
Antigamente eu vivia de verdade
Agora estou aqui tão só
Coberta pelo pó
Ela dizia que não ia me esquecer
Que eu sentia como sente um bebê
Me defendia quando me tratavam mal
E até brigava com quem zombava de mim
E agora vai me dar
Só ocupo lugar
Trocava minha fralda mais de vinte vezes
Me desbotei de tanto ela me dar banho
Passava em mim um vidro inteiro de perfume
Depois me maquiava como sua mãe
E agora estou com tanto medo
Voltar ser um brinquedo"
(Palavra Cantada)

Lívia.